Sermão: Elementos para um Matrimônio Bem Sucedido

Elementos para um Matrimônio Bem Sucedido

Hb 13.4 a: “Digno de honra entre todos seja o matrimônio..”.

Introdução

A verdade é que o segredo de um casamento bem-sucedido vai muito mais além de gostar das mesmas coisas, compartilhar a mesma origem, ter bom humor ou ter atração física. Tudo isso é importante, mas não suficiente.

Quando se pergunta às pessoas casadas qual foi o principal motivo que levou-as a se casarem, as respostas variam muito, tais como “para formar uma família”, “por amor”, “para não ficar sozinho”, “para sair da casa dos meus pais”, “porque é um mandamento de Deus”, “para estar ao lado de alguém que me faça feliz” e muitos outros motivos. Existem também muitas pessoas que até hoje ainda não descobriram porque se casaram, e se perguntam se realmente valeu a pena terem feito isso. Assim, pelo número de divórcios que vemos no mundo, percebemos que muitas pessoas se casaram pelos motivos errados.

Um alerta que é importante fazer é que Casamento não é remédio que leva à felicidade, cura de solidão ou soluções para problemas! Se casamento fosse remédio para solidão, não haveria casado solitário, ou não haveria pessoas infelizes em seus relacionamentos.

Pensando nisso sou levado a fazer a seguinte pergunta: Qual são afinais os elementos que levam uma pessoa a possibilidade de ter um casamento feliz e bem sucedido?

A Bíblia nos mostra alguns destes elementos – princípios ensinados na Palavra de Deus – que se aplicados ao casamento farão deste um empreendimento muito bem sucedido:

I) Edificar a Casa na Rocha – Mt 7.24-27

“Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha. E todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica será comparado a um homem insensato que edificou a sua casa sobre a areia; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, e ela desabou, sendo grande a sua ruína” (Mt. 7.24-27)

Que princípios podemos tirar destas palavras proferidas por nosso mestre por excelência?

Primeiro princípio. Vivemos em um tempo onde tudo é questionável, relativismos de valores, verdades, princípios e crenças.  Neste contexto, podemos em alguns momentos sentir como se estivéssemos caminhando sobre um solo de areia. Já observou como é difícil caminha sobre areia fofa?

Além de ser difícil caminhar sobre a areia fofa, também é difícil que uma casa resista a uma tempestade se os seus alicerces estiverem fundamentados sobre a areia. E acerca disso, Jesus diz que a casa edificada sobre a areia cairá quando vier a tempestade.

Segundo princípio das palavras do mestre. Firme a sua vida sobre a rocha. Aqui Jesus está usando uma figura de linguagem para nos ensinar uma verdade espiritual: esta casa é a nossa família, esta casa é a nossa vida; e muitas vezes nós não temos o devido cuidado e prudência para construir a nossa família sobre uma base sólida, sobre um alicerce firme.

Mas a pergunta é: “Quem é essa rocha?”. O salmista Salomão, escrevendo o salmo 127 disse uma coisa interessante. Ele diz o seguinte: “se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam”.

Em outras palavras o salmista diz que Esta rocha é o próprio Jesus, esta rocha o próprio Deus. A maior necessidade sua e minha não é de uma casa maior, não é de uma casa melhor ou de mais conforto dentro da nossa casa.

A maior necessidade não só nossa como a de uma grande maioria de pessoas é de Jesus ser o grande alicerce dos nossos relacionamentos. Quando Jesus está presente na nossa casa, as tempestades vêm, é claro. Afinal, nós não vivemos numa estufa espiritual, nós não estamos blindados como que imunes das adversidades da vida. Sobre ambas as casas, a casa construída sobre a rocha, e a casa construída sobre a areia, aconteceram as mesmas circunstâncias; o que distingue uma pessoa prudente de uma pessoa insensata não são as circunstâncias da vida, mas como elas reagem a essas circunstâncias, em quem elas estão fincadas, alicerçadas.

II) Exercitar a Esperança, a Paciência e a Perseverança

Romanos 12:12 diz: “Alegrem-se na esperança, sejam pacientes na tribulação, perseverem na oração”.

Há 03 palavras que quero destacar aqui: Esperança, paciência e Perseverança. Todo casal exercitar esperança, paciência e perseverança.

Exercite a esperança. Uma esposa precisa de esperança quando tem um marido difícil. A esperança é uma força motivadora, que nos faz acreditar que mesmo em tempos ruins, haverão dias melhores.  Quantos de nós já não sofremos com traumas e perdas irreparáveis? Quantos já se sentiram esmagados pelo stress? Quem nunca carregou o terrível peso da culpa ou lutou contra as amarras dos vícios? Quem nunca perdeu noites de sono por causa de uma ansiedade inexplicável? Esses são problemas cada vez mais comuns neste mundo agitado, exigente e confuso. Pessoas que tem esperança estão sempre motivadas a vencer todos estes problemas.

Exercite a paciência. Nós amamos pessoas que cometem erros, que vão errar conosco, ainda que sem a intenção de nos ferir, nos ferirão. Por isso o exercício da paciência nos ajudará a suportamos viver debaixo do mesmo teto com a mesma pessoa durante muitos anos de nossa vida conjugal. Nas palavras do apóstolo em I cor 13:4 lembremos que “…o amor é paciente….”.

Exercite a perseverança. Muitos relacionamentos acabam porque falta a perseverança. Perseverar é “…continuar mesmo que as forças faltem, é acreditar, mesmo em meio a incredulidade de quem nos cerca, é ir em busca  do que realmente faz sentido para nós, mesmo que esta busca seja solitária, é enxergar realizações onde muitos só percebem vagas possibilidades, é sonhar e lutar, mesmo quando se deseja desistir; é caminhar sem parar, mesmo com o corpo cansado, é fazer com que as possibilidades de fracasso sejam anuladas por meio de pensamentos positivos e de fé”. Quem persevera alcança salvação. Que sejamos perseverantes em nossos relacionamentos conjugais e em tentar cumprir o que firmamos diante do Senhor.

III) Agir com Sabedoria

“Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida (Tg 1.5).

“A mulher sábia edifica a sua casa, mas a insensata, com as próprias mãos, a derriba” (Pv 14.1).

A uma diferença entre inteligência e sabedoria. A Inteligência é uma característica humana. A sabedoria, Deus nos ensina a pedi-la.

Acredito que a sabedoria ajuda a colocar ordem e freio em emoções impulsivas do coração, em decisões precipitadas, e em palavras ditas muitas vezes de forma desordenada.

Precisamos pedir por sabedoria para que tenhamos uma vida saudável relacionamentos que nos façam bem.

IV) Priorizar o Amor

Gosto muito da definição que ao apostolo Paulo da acerca do amor em I coríntios 13: 4-8. Quero ler este texto na versão da Bíblia Viva:

“4 O amor é muito paciente e bondoso, nunca é invejoso ou ciumento, nunca é presunçoso nem orgulhoso, 5 nunca é arrogante, nem egoísta, nem tampouco rude. O amor não exige que se faça o que ele quer. Não é irritadiço, nem melindroso. Não guarda o rancor e dificilmente notará o mal que outros lhe fazem. 6 Nunca está satisfeito com a injustiça, mas se alegra, quando a verdade triunfa. 7 Se você amar alguém, será real para com ele, custe o que custar. Sempre acreditará nele, sempre esperará o melhor dele, e sempre se manterá em sua defesa. 8 Todos os dons e poderes especiais que vêm de Deus terminarão um dia, porém o amor continuará para sempre.”

Esse deve ser o amor que os casais de hoje dever se esforçar para cultivar.

 

V) Praticar a Humildade

“O galardão da humildade e o temor do SENHOR são riquezas, e honra, e vida” (Pv 22.4).

“Deus resiste aos soberbos, contudo, aos humildes concede a sua graça” (1 Pe 5.5c).

Os narcisistas querem ser amados, por pessoas que satisfaçam os desejos egoístas de seu ego. Os humildes são verdadeiramente capazes de amar.

Não há a mínima possibilidade de se construir um relacionamento saudável se não houver humildade.

O orgulho faz com que muitas histórias de amor tenham um fim prematuro ou um início tardio – ou talvez a causa de elas jamais virem a existir.

Os grandes problemas conjugais de muitos casais de hoje ocorrem porque há falta de humildade de ambas as partes. E isso se torna um problema para a relação a dois, porque os dois lados acham que estão certos, e as vezes não abrem mão da razão.

Agir em humildade é o segredo para conquistamos a vitória sobre muitos conflitos. Jesus nos faz lembrar em Mateus 5:5 que são “Bem-aventurados os humildes, pois eles receberão a terra por herança”.

Conclusão

Resumo tudo que foi dito nos seguintes conselhos: Esforcem-se para exercitar a esperança, a paciência e a perseverança, sempre agindo com sabedoria, amor e humildade, e procurando manter suas vidas fundamentas na rocha, que é Cristo para que tenham um casamento duradouro e feliz.

Que Deus nos ajude e nos abençoe.

Pr Josias Moura de Menezes.

É formado em Teologia,  Análise e desenvolvimento de Sistemas e Licenciatura em Matemática. Especializado  em Tecnologias de aprendizagem a distância,  produção de conteúdos digitais para a Internet e Mestre em Teologia.

 >>  MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O AUTOR

compartilhe esta mensagem:

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Pinterest
Print
Email

Postagens relacionadas

CURSOS EAD
Faça um curso Ead 
Gratuito
com certificação

Cursos a distância gratuitos

Cursos Ead parceria 
Setebras

Curso Ead: Introdução ao Marketing digital

Curso Ead gratuito parceria com o Setebras.

Curso Ead: Introdução ao Marketing digital

Mais informações aqui

Curso Ead: Gestão de Projetos

Curso Ead gratuito parceria com o Setebras.

Curso Ead: Gestão de Projetos

Mais informações aqui

Curso Ead: Inovação e Criatividade

Curso Ead gratuito parceria com o Setebras.

Curso Ead: Inovação e criatividade

Mais informações aqui
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
POSTAGENS ANTERIORES

Faça um curso teológico Gratuito

QUER FAZER UM CURSO DE TEOLOGIA GRATUITAMENTE?

Faça um curso de teologia com acesso gratuito a todo o conteúdo em nosso ambiente de educação a distância. 

 

CLIQUE AQUI PARA MAIS INFORMAÇÕES


 

Veja também o nosso vídeo divulgativo:

Assine este site.

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 7.196 outros assinantes