Pastor Josias Moura

Estudos Bíblicos, sermões, cursos ead, Teologia, Bibliotecas digitais, apostilas

Estudo EDB. 08.05.2016. Tema: Expondo o Livro de I Timóteo – Capitulo 2

 

Expondo o Livro de I Timóteo – Capitulo 2

 

I. O lugar da oração na igreja local (2:18)

Nos capítulos 2—3, Paulo discute o ministério público da igreja e os diferentes papéis que os membros da igreja devem desempenhar. O capítulo 1 lida com o ministério da Palavra, e nesse capítulo a ênfase é a oração. Esses são os dois prin­cipais ministérios na Igreja local: a Pa­lavra de Deus e a oração (At 6:4).

É importante a igreja ter um ministério equilibrado da Palavra de Deus e da oração. A Palavra instrui a igreja, e a oração a ins­pira a obedecer à Palavra. A igre­ja que tem muito estudo bíblico e pouca oração tem “muita luz, mas pouco fervor”. Ela é ortodo­xa, mas fria! O outro extremo é a igreja que tem muita oração e entusiasmo religioso, mas pouco ensino da Palavra; esse tipo de igreja produz pessoas com fervor, mas sem conhecimento.

 

A.   A importância

A oração encabeça a lista de Paulo. A igreja local não ora porque se es­pera isso dela, mas porque isso é vi­tal para a vida dela. O Espírito Santo opera na igreja por meio da oração e da Palavra do Senhor (1 Ts 2:13; Ef 3:20-21). A igreja que ora tem po­der e causa um impacto duradouro a favor de Cristo. No relato de Atos, observe como os crentes derrotaram os inimigos quando se voltaram para a oração. Paulo exorta-nos a orar — a oração é importante!

 

B.    A natureza

A oração das igrejas deve incluir: (1) súplica, ou seja, contar a Deus suas necessidades; (2) orações, cujo sentido é culto e adoração; (3) intercessão, pedidos a favor de outros; e (4) ação de graças ou agradecimen­to pelo que Deus fez. Veja Filipenses 4:6 e Daniel 6:10-11. Claro que temos de orar pela família da igreja, mas não devemos parar por aí: “to­dos os homens” (v. 1) precisam de nossas orações.

 

C.    O objetivo

O versículo 2 sugere que a oração ajuda a manter a paz na sociedade. Deus domina e protege sua igreja de homens perversos, quando os cristãos oram por seus governantes. O versículo 3 indica que a oração, acima de tudo, agrada a Deus e glorifica a Cristo. Se oramos apenas em busca da satisfação para nossas necessidades, temos uma visão in­ferior da oração. Claro que deve­mos orar pelo perdido (vv. 4-7). Cristo morreu por todos os homens, e Deus quer que todos sejam salvos (veja 2 Pe 3:9), por isso o Espírito guia o crente para que ore pelos perdidos.

 

D.   A condição

O versículo 8 estabelece três condi­ções para a oração coletiva na igre­ja local: (1) “sem ira” — amem uns aos outros; (2) “mãos santas”, isto é, vida pura e obediente; e (3) fé. Veja Marcos 11:20-26. Os homens de­vem liderar o ministério de oração da igreja.

 

II. O lugar da mulher na igreja local (2:9-15)

Para compreender estes versículos, devemos entender o contexto em que Paulo e Timóteo trabalhavam. Na cultura judaica do primeiro século, não era permitido que as mulheres estudassem. Quando Paulo disse que as mulheres deveriam aprender “em silêncio, com toda a submissão”, estava lhes oferecendo uma nova e surpreendente oportunidade. Paulo não queria que as mulheres efésias ensinassem, porque ainda não tinham conhecimento ou experiência suficiente.

A igreja de Éfeso tinha um problema particular com os falsos mestres. Evidentemente as mulheres eram especialmente suscetíveis aos falsos ensinos (2 Tm 3.1 -9) porque ainda não tinham conhecimento bíblico suficiente para discernir a verdade. Além disso, algumas mulheres estavam aparentemente ostentando sua nova liberdade cristã vestindo roupas impróprias aos costumes da época (2.9). Paulo estava dizendo a Timóteo para não colocar alguém (neste caso. as mulheres) que ainda não fosse maduro na fé, em uma posição de liderança (ver 5.22). O mesmo principio se aplica às igrejas hoje (ver 3.6).

Paulo, como já dissemos anterior­mente, nada tem contra as mulhe­res. Ele apenas quer enfatizar aqui o princípio da liderança (veja Ef 5:22ss; 1 Co 11:1-6).

Vejamos aqui mais algumas recomendações feitas pelo Apóstolo àquelas mulheres:

 A.   Modéstia (v. 9)

Paulo não diz que a mulher cristã deve usar roupas antigas e sem es­tilo! Não, ele enfatiza que a pes­soa interior é mais importante que a aparência exterior (1 Pe 3:1-6). A aparência modesta glorifica a Cris­to; os estilos extremos salientam apenas a pessoa e fazem com que o cristão pareça mundano. O crente pode ser moderno e modesto. O mais importante na mulher é ela procurar adequar sua vida interior ao caráter de Cristo.

 

B.   Pureza

Elas “professam ser piedosas”. Pie­dosa é uma das palavras preferidas de Paulo (veja 2:2,10; 3:16; 4:7-8; 6:3,5-6,11; 2 Tm 3:5; Tt1:1). Claro que o termo “piedosas” é apenas uma forma resumida de “semelhan­ça com Deus”.

 

C.   Atividade

Ela faz boas obras (v. 10). Mais adiante (5:11-14), Paulo adverte so­bre mulheres ociosas que vagueiam de casa em casa e dão oportunida­de a Satanás para levá-las a pecar. A melhor forma de a mulher cristã pregar é com sua vida.

 

D.   Humildade

Em 1 Coríntios 14:34-40, Paulo am­plia essa ordem. Satanás pode pôr o pé na igreja local por intermédio de alguma mulher sincera, mas mal orientada, da mesma forma que Eva o deixou pôr o pé no Éden. (O ho­mem mal orientado também pode ser um problema; veja 1 Tm 1:20.) Paulo instrui as mulheres a ser submis­sas as tradições culturais da época quando a igreja local se congre­ga. Elas devem esclarecer qualquer dúvida que tenham em casa, com  seu marido, em vez de interromper a reunião.

Paulo fundamenta essa regra em sólidas fundações doutrinais: Adão foi criado primeiro e tinha precedência sobre Eva. (Veja 1 Co 11:8-9.) A autoridade está deter­minada no próprio curso da nature­za, e abrimos a porta para a confusão quando violamos esse princípio. Em parte, os problemas e a carnalidade da igreja coríntia deviam-se ao fato de que nem homens nem mulheres submetiam-se à Palavra de Deus.

Paulo apresenta um segundo motivo para esse princípio: Satanás acha mais fácil enganar as mulhe­res que os homens (v. 14; veja tam­bém 2 Co 11:3). Satanás enganou Eva, e ela pecou. Talvez ela não se entregasse às mentiras de Sata­nás, se Adão estivesse ao seu lado, protegendo-a. Adão pecou de forma consciente, pois escolheu ficar ao lado da esposa (agora uma pecado- ra) a andar com Deus.

No versículo 15, a expressão “missão de mãe”, provavelmen­te, refere-se à maldição de Gêne­sis 3:16; em outras palavras, a mu­lher piedosa não sofrerá perigos ao dar à luz. Algumas pessoas enten­dem que essa expressão se refere ao nascimento de Cristo, já que no original grego consta “por meio do parto”, ou seja, uma criança mui­to especial. No entanto, é provável que o primeiro sentido seja o me­lhor; veja também 5:14. As mulhe­res grávidas que seguem a vontade do Senhor podem reivindicar essa promessa.

Na próxima semana continuaremos. Procure ler os capítulos da carta de I Timóteo com antecedência. 

Estes estudos da EBD estão d
isponíveis na página da Igreja Betel Geisel.

Link: http://igrejabetelgeisel.hospedanet.info/escola-dominical.html

 

 

 

 

É formado em Teologia,  Análise e desenvolvimento de Sistemas e Licenciatura em Matemática. Especializado  em Tecnologias de aprendizagem a distância,  produção de conteúdos digitais para a Internet e Mestre em Teologia.

 >>  MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O AUTOR

compartilhe esta mensagem:

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Pinterest
Print
Email

Postagens relacionadas

CURSOS EAD
Faça um curso Ead 
Gratuito
com certificação

Cursos a distância gratuitos

Cursos Ead parceria 
Setebras

Curso Ead: Introdução ao Marketing digital

Curso Ead gratuito parceria com o Setebras.

Curso Ead: Introdução ao Marketing digital

Mais informações aqui

Curso Ead: Gestão de Projetos

Curso Ead gratuito parceria com o Setebras.

Curso Ead: Gestão de Projetos

Mais informações aqui

Curso Ead: Inovação e Criatividade

Curso Ead gratuito parceria com o Setebras.

Curso Ead: Inovação e criatividade

Mais informações aqui
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
POSTAGENS ANTERIORES

Faça um curso teológico Gratuito

QUER FAZER UM CURSO DE TEOLOGIA GRATUITAMENTE?

Faça um curso de teologia com acesso gratuito a todo o conteúdo em nosso ambiente de educação a distância. 

 

CLIQUE AQUI PARA MAIS INFORMAÇÕES


 

Veja também o nosso vídeo divulgativo:

Assine este site.

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 6.986 outros assinantes

Rolar para cima
%d blogueiros gostam disto: