Pastor Josias Moura

Estudos Bíblicos, sermões, cursos ead, Teologia, Bibliotecas digitais, apostilas

Estudo EBD para o dia 31.07.2016. Tema: A segurança da família que confia em Deus

A segurança da família que confia em Deus

Salmo 125

INTRODUÇÃO

Definitivamente, Deus ama a família! E quando Ele a criou (Adão e Eva) lhe deu toda condição de crescer e se multiplicar (em todas as áreas), fez uma promessa em Abraão de abençoar – por meio da descendência dele – todas as famílias da terra (veja Gênesis 12.3), que aconteceu em Jesus Cristo por meio da Redenção (“Deus amou as famílias de tal maneira…”).

Muitos pais e mães de família buscam segurança na cultura, dinheiro, trabalho, educação, ciências (médica, psicologia etc.), religião, no governo etc., mas não encontram, porque essas coisas são incapazes e circunstanciais. Somente Deus é o nosso refúgio e fortaleza eterna, socorro bem presente na tribulação, amigo para todas as horas e consolo nas aflições. No salmo 125, encontramos princípios que norteiam a segurança que a família tem se confiar em Deus e perseverar em cumprir a Sua vontade.

PROPOSIÇÃO: A segurança da família não está em coisas ou pessoas, mas em Deus.

 

I – A FAMÍLIA QUE CONFIA NO SENHOR É FIRME COMO UM MONTE ROCHOSO

      O versículo 1 relata sobre confiar em Deus. O verbo confiar no hebraico é bãtah, que também significa: sentir-se seguro, estar confiante, estar despreocupado. Uma das maneiras de confiar em Deus é expressa no conceito de dependência, de entregar-se a Ele sem hesitar, como uma criança à sua mãe. Deus é digno de confiança? Suas promessas são fiéis e merecedoras de toda aceitação?

       “Sião” uma das colinas ao redor de Jerusalém, lugar onde Salomão construiu o Templo (veja 2Samuel 24.18), nos serve de símbolo da graça, amor, força, soberania e presença de Deus na vida do Seu povo. No hebraico, a palavra tsiyôn significa lugar de defesa, fortaleza.

       O texto diz que essa confiança produz segurança “não se abala”. Apesar disso, ninguém está livre de ataques, “tremores” de todos os tipos. Entretanto, a promessa nos garante que não sofreremos qualquer “trinca” durante o processo de provas. Que tipo de abalo sua família está sofrendo atualmente?

-Temos confiado a Deus nossas lutas com os filhos, marido e mulher? O segredo é confiar em Deus, e quem confia descansa, espera sem ansiedade como fez Ezequias diante da ameaça de Senaqueribe da Assíria (veja 2Crônicas 32.1-8).

 

II – DEUS NÃO DESAMPARA A FAMÍLIA QUE O TEME E OBEDECE

       No versículo 2, o salmista faz uma comparação entre Jerusalém e o povo de Deus, e assim como os montes cercam ou protegem Jerusalém, assim está o Senhor para com o Seu povo.

       A certeza de que Deus está conosco (Emanuel), deve infundir a paz de espírito (ausência de inquietação interior) e ânimo (força perseverante e corajosa) para continuarmos lutando até a completa vitória (veja 2Crônicas 32.6-8).

       Aqueles montes eram uma espécie de proteção ou escudo natural contra os inimigos de

Jerusalém. As famílias também possuem inimigos: a criminalidade, a desestrutura conjugal, as drogas nas escolas e as más companhias para os filhos (rebeldia), o desemprego, as enfermidades etc.

      O salmista fala de “cetro dos ímpios” no versículo 3, literalmente o termo “cetro” faz referência a autoridade ou poder. As influências do mundo (meios de comunicação, TV, internet etc.), são sempre circunstanciais, e apresentam modismos perigosos que tentam se impor, pois distorcem valores morais absolutos (tornam relativo o certo e o errado) além de atrapalhar o diálogo em família.

      Vencemos todos os tipos de “cetros”, ou “setas malignas” que são enviadas do inferno contra as nossas famílias, por meio da oração perseverante, do estudo sistemático e aplicativo da Palavra de Deus e da comunicação aberta, franca e respeitosa dentro do lar.

 

III- DEUS ABENÇOA A FAMÍLIA QUE PRATICA SUA PALAVRA E FAZ BOAS OBRAS.

      No versículo 4, o salmista ora para que Deus faça o bem, ou abençoe as famílias “boas” e “retas de coração”. O que ele quis dizer com isso? Ser “bom” não é ser perfeito (veja Salmo 37.23), mas é ser como Jô, que amava e temia a Deus e se “desviava do mal” (Jó 1.8); são famílias que obedecem à Palavra, são caridosas e se compadecem dos necessitados. Ser “reto” é o mesmo que íntegro, justo, direito, imparcial, correto e fiel.

      As Escrituras nos ensinam exaustivamente a não sermos bons, sábios ou retos aos nossos próprios olhos (veja Provérbios 3.7), mas em verdade e sinceridade.

      Praticar a Palavra dentro do lar implica: encarnar o Evangelho de Cristo, adequar-se ao padrão divino em todas as áreas do viver humano, ser exemplo de paz, concórdia, serenidade, amor para com a vizinhança, reproduzir atos próprios do caráter de Deus etc.

      Nos versículos 4 e 5, temos a garantia de que se perseverarmos em obedecer à Palavra de Deus, Ele nos livrará da destruição que inevitavelmente alcançará a família dos ímpios, e os exemplos que comprovam essa afirmação podem ser vistos todos os dias no noticiário.

 

CONCLUSÃO

 

A segurança da família está na obediência à Palavra escrita de Deus. Quem “ensina a criança no caminho que deve andar” (Pv 22.6), não precisa temer o futuro. O marido que ama a sua esposa, e a mulher que é submissa ao marido, passam uma mensagem positiva a seus filhos. Cuidar dos nossos idosos é privilégio e não carga (veja Efésios 6.1,2). O versículo 5 é como uma profecia sobre a família que teme e obedece ao Senhor: “Paz sobre Israel!” Amém!

Na próxima semana continuaremos. 

 

É formado em Teologia,  Análise e desenvolvimento de Sistemas e Licenciatura em Matemática. Especializado  em Tecnologias de aprendizagem a distância,  produção de conteúdos digitais para a Internet e Mestre em Teologia.

 >>  MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O AUTOR

compartilhe esta mensagem:

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Pinterest
Print
Email

Postagens relacionadas

CURSOS EAD
Faça um curso Ead 
Gratuito
com certificação

Cursos a distância gratuitos

Cursos Ead parceria 
Setebras

Curso Ead: Introdução ao Marketing digital

Curso Ead gratuito parceria com o Setebras.

Curso Ead: Introdução ao Marketing digital

Mais informações aqui

Curso Ead: Gestão de Projetos

Curso Ead gratuito parceria com o Setebras.

Curso Ead: Gestão de Projetos

Mais informações aqui

Curso Ead: Inovação e Criatividade

Curso Ead gratuito parceria com o Setebras.

Curso Ead: Inovação e criatividade

Mais informações aqui
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
POSTAGENS ANTERIORES

Faça um curso teológico Gratuito

QUER FAZER UM CURSO DE TEOLOGIA GRATUITAMENTE?

Faça um curso de teologia com acesso gratuito a todo o conteúdo em nosso ambiente de educação a distância. 

 

CLIQUE AQUI PARA MAIS INFORMAÇÕES


 

Veja também o nosso vídeo divulgativo:

Assine este site.

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 6.985 outros assinantes

Rolar para cima
%d blogueiros gostam disto: