Pastor Josias Moura

Estudos Bíblicos, sermões, cursos ead, Teologia, Bibliotecas digitais, apostilas

Estudo Bíblico para culto de doutrina. Tema: Quando os Pais Oram

Texto: 1 Samuel 1.27-28

INTRODUÇÃO

Sempre chamou-me a atenção a im­portância que a Bíblia dá à influência da oração dos pais sobre a vida dos filhos. Principalmente, porque o próprio Deus, ao estabelecer a Aliança da Graça, re­vela o seu interesse de abençoar os fi­lhos através da instrumentalidade dos pais: “Porque derramarei água sobre o sedento e torrentes, sobre a terra seca; derramarei o meu Espírito sobre a tua posteridade e a minha bênção, sobre os teus descendentes” (Is 44.3). E um dos meios de que Deus se utiliza para aben­çoar os filhos dos crentes é a oração dos pais.

O apóstolo Paulo reconhece a in­fluência espiritual dos pais sobre os fi­lhos, quando diz a Timóteo: “Pela recor­dação que guardo de tua fé sem fingi­mento, a mesma que, primeiramente habitou em tua avó Lóide e em tua mãe Eunice, e estou certo de que também, em ti” (2 Tm 1.5).

Na lição de hoje, pretendemos des­tacar o ensino bíblico acerca da influên­cia da oração dos pais sobre a vida dos filhos.

 

EXPOSIÇÃO

1. UMA BASE BÍBLICA

Deus ao criar o indivíduo, criou tam­bém a família (Gn 1.26-27). E assim como o pecado atingiu o indivíduo, afe­tou também a família (Gn 3). Contudo, Deus não revogou a Aliança após o pe­cado do homem, mas providenciou a Redenção através de Jesus Cristo. Todo Antigo Testamento descreve o processo histórico de preparação dessa redenção até à sua consumação em Jesus Cristo (Gl 4.4). E o alvo de Deus sempre foi abençoar o indivíduo juntamente com a sua família. Deus se compromete, na Ali­ança da Graça, a abençoar a nossa fa­mília (Gn 12.1-3; Gl 3.7-9).

Vejamos alguns exemplos de homens que intercederam pela sua família:

1.1. Noé

“Pela fé, Noé, divinamente instruído acerca de acontecimentos que ainda não se viam e sendo temente a Deus, apare­lhou uma arca para a salvação de sua casa; pela qual condenou o mundo e se tornou herdeiro da justiça que vem da fé”{Hb 11.7, grifo da citação).

1.2. Abrãao

“Porque eu o escolhi para que orde­ne a seus filhos e a sua casa depois dele, a fim de que guardem o caminho do Senhor e pratiquem a justiça e o juízo; para que o Senhor faça vir sobre Abraão o que tem falado a seu respeito” (Gn 18.19, grifo da citação).

1.3. Páscoa

“Falai a toda a congregação de Isra­el, dizendo: Aos dez deste mês, cada um tomará para si um cordeiro, segundo a casa dos pais, um cordeiro para cada família. Porque o Senhor passará para ferir os egípcios; quando vir, porém, o sangue na verga da porta e em ambas as ombreiras, passará o Senhor aquela porta e não permitirá ao Destruidor que entre em vossas casas, para vos ferir” (Êx 12.3,23, grifo da cita­ção).

1.4. Pedro

“Pois para vós outros é a promessa, para vossos filhos e para todos os que ainda estão longe, isto é, para quantos o Senhor, nosso Deus, chamar”(At 2.39, grifo da citação).

1.5. Paulo e Silas

“Depois, trazendo-os para fora, dis­se: Senhores, que devo fazer para que seja salvo? Responderam-lhe: Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa” (At 16.30-31, grifo da citação).

Em síntese, há um compromisso de Deus com os pais crentes em abençoar os seus filhos, desde que os pais sejam fiéis a aliança com Deus: “Na mesma noite, lhe apareceu o Senhor e disse: Eu sou o Deus de Abraão, teu pai. Não te­mas, porque eu sou contigo; abençoar-te-ei e multiplicarei a tua descendência por amor de Abraão, meu servo” (Gn 26.24, grifo da citação).

 

2. ORANDO PELOS FILHOS

Ana, mãe de Samuel, diz: “Por este menino orava eu; e o Senhor me conce­deu a petição que eu lhe fizera. Pelo que também o trago como devolvido ao Se­nhor, por todos os dias que viver; pois do Senhor o pedi. E eles adoraram ali o Senhor” (1 Sm 1.27-28).

Nesta declaração, Ana reafirma o que já sabemos: o nascimento de Samuel foi resposta de oração: “por este menino orava eu”. Também, que Samuel não lhe pertencia, tal como nenhum filho é pro­priedade de pai humano, pois os nossos filhos pertencem a Deus. Então, ela o de­volveu a Deus, em cumprimento do seu voto e em atitude de consagração do seu filho a Deus: pelo que também o trago como devolvido ao Senhor.

A atitude de Ana coloca-nos diante de um grande desafio: orar pelos nos­sos filhos e consagrá-los a Deus. E, quan­do devemos orar por eles?

  • Devemos orar por eles antes mesmo do nascimento, afim de que nasçam com saúde (SI 139.13-16).
  • Devemos orar pela conversão e o crescimento espiritual dos nossos filhos (Lc 1.66-80).
  • Devemos orar pelo futuro dos nos­sos filhos, principalmente quando tive­rem que tomar decisões sérias, tais como sobre o estudo, profissão, casamento etc. (Gn 24).
  • Devemos orar pelos filhos que se acham afastados da comunhão com o Senhor (Tg 5.16-20).
  • Devemos orar pela família dos nos­sos filhos e pelos nossos netos (SI 128).

 

CONCLUSÃO

Quero concluir esta lição insistindo que devemos orar pelos nossos filhos. Leia com atenção a oração que uma vovó fez por sua netinha:

“Meu precioso bebê, em celebração à sua chegada eu fiz este presente especial, chamado de manta de oração. Quando se cobrir com ela, saiba que está coberto de oração. Cada ponto representa uma oração fei­ta por você. Aqui estão dez orações mi­nhas por você:

1. Como um novelo que se transfor­ma em uma bela manta, Deus tem um belo plano em sua vida. Peço a Deus que você o descubra (Jr 1.5).

2. Esta manta foi feita por mãos hu­manas. Mas você foi maravilhosamente formado por mãos divinas. Peço a Deus que você saiba o quanto é especial para Ele (SI 139.14).

3. Se eu errar um ponto, a manta se desfaz. Porém, Deus tem planos mara­vilhosos para cada passo de sua vida. Eu peço a Deus que você possa seguir os planos dEle e saber que mesmo quan­do nós, como família, erramos um pon­to ou dois, Ele pode nos redimir quando confiamos nEle (Pv 28.13).

4. Se eu voltar e consertar um pon­to, a manta não ficará defeituosa. Se você voltar e confessar os seus pecados, sua vida será santa. Peço a Deus para que você tenha a coragem de con­fessar os erros para que viva uma vida santa (1 Jo 1.9).

5. Esta manta tem muitos pontos, mas nada se compara aos pensamentos de Deus para com você. Peço a Deus que você se lembre dEle e saiba que Ele se lembra de você (SI 139.17).

6. Precisei tecer três fios juntos para fazer, uma manta forte. Serão necessá­rias três partes (você, sua família e Deus) para que sua vida seja forte. E serão ne­cessárias três pessoas da Trindade para manter sua vida de pé. Peço a Deus que você se apoie nEle e na sua família (Ec 4.12).

7. A borda desta manta impede que ela perca o formato. Deus quer colocar algo em volta de você para protegê-lo e esquentá-lo. Peço a Deus que você sem­pre fique entre os limites que Ele esta­beleceu para você (Jó 1.10).

8. Minha esperança é que esta man­ta o conserve quente e seguro. O plano de Deus é muito maior. Ele quer lhe dar um futuro e uma esperança. Peço a Deus que você sempre ponha sua esperança nEle (Jr 29.11).

9. Quando você se cobrir com esta manta, saiba que está coberto de amor e de oração. Deus quer cobri-lo com amor do seu Filho. Peço a Deus que você possa amar a Jesus desde novo (Jo 14.21).

10. Embora eu saiba que um dia esta manta não servirá mais para você, eu peço a Deus que você sempre saiba que necessita dEle (1 Jo 4.15-17).

Com amor, Sua vovó. “

É formado em Teologia,  Análise e desenvolvimento de Sistemas e Licenciatura em Matemática. Especializado  em Tecnologias de aprendizagem a distância,  produção de conteúdos digitais para a Internet e Mestre em Teologia.

 >>  MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O AUTOR

compartilhe esta mensagem:

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Pinterest
Print
Email

0 comentário em “Estudo Bíblico para culto de doutrina. Tema: Quando os Pais Oram”

  1. Muito importante esta palavra de incentivo e motivação para os pais se despertarem para continuar intercedendo pelos filhos. Deus continue abençoando…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens relacionadas

CURSOS EAD
Faça um curso Ead 
Gratuito
com certificação

Entre no curso que deseja fazer e comece a assistir as aulas agora. 

Cursos a distância gratuitos

Cursos Ead parceria 
Setebras

Curso Ead: Introdução ao Marketing digital

Curso Ead gratuito parceria com o Setebras.

Curso Ead: Introdução ao Marketing digital

Mais informações aqui

Curso Ead: Gestão de Projetos

Curso Ead gratuito parceria com o Setebras.

Curso Ead: Gestão de Projetos

Mais informações aqui

Curso Ead: Inovação e Criatividade

Curso Ead gratuito parceria com o Setebras.

Curso Ead: Inovação e criatividade

Mais informações aqui
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
POSTAGENS ANTERIORES
Assine este site.

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 6.988 outros assinantes

Faça um curso teológico Gratuito

QUER FAZER UM CURSO DE TEOLOGIA GRATUITAMENTE?

Faça um curso de teologia com acesso gratuito a todo o conteúdo em nosso ambiente de educação a distância. 

 

CLIQUE AQUI PARA MAIS INFORMAÇÕES


 

Veja também o nosso vídeo divulgativo:

Rolar para cima
%d blogueiros gostam disto: