Estudo para encontro de casais. Parte 01. Temas Adaptados do livro 101 erros que um casal não deve cometer. Temas abordados: “Casei com a pessoa errada, porque as mulheres se doam mais para o casamento e pensei que só seriam flores”.

Adaptado do livro:

104 erros que um casal não pode cometer

1.Casei com a pessoa errada. (Marido/Esposa)

“Casamento não é achar a pessoa certa, mas sim ser a pessoa certa!”

A aproximação de duas pessoas para o casamento pode envolver ilusão perigosa. Cada um desenvolve verdadeiro trabalho de “fantasia” do outro, atribuindo-lhe qualidades e características que ele não tem e ignorando defeitos e marcas negativas que todos temos. Stendhal dizia que o romance é como o espelho, oferece-nos as imagens da realidade. Esta aparece mais ou menos deformada, de acordo com as características do espelho.

E por esta razão que o momento da escolha é um momento crítico da formação do ser-conjugal. A partir dali o dia-a-dia estará imerso na realidade e não na fantasia. A felicidade terá que ser reconquistada a cada momento. A compreensão desta realidade é de fundamental importância para que a pessoa possa olhar para o cônjuge e para si mesmo de forma correta.

Quando o cônjuge deixa de buscar a pessoa certa e se preocupa em ser a pessoa certa, aí então começa a perceber que é possível ser feliz no casamento. Tome, portanto a iniciativa de ser a pessoa certa.

2.Por que as mulheres se doam mais no casamento do que os homens? (Esposa)

“Assim Deus criou os seres humanos; ele os criou parecidos com Deus. Ele os criou homem e mulher”. (Gn. 1:27)

Talvez possamos compreender isto conhecendo um pouco das diferenças entre homem e mulher. Os dois não são diferentes apenas na questão do “se dar” para o casamento. Há diferenças no comunicar, pensar, sentir, perceber, reagir, responder, ouvir e apoiar. Quando homem e mulher são capazes de respeitar e aceitar suas diferenças, então os dois crescem dentro do casamento. E através da compreensão das diferenças ocultas do sexo oposto que podemos, com maior sucesso, dar e receber amor, encontrando assim o ponto de equilíbrio, onde os dois investem tudo na construção da vida a dois.

Homens: Valorizam o poder, a competência, a eficiência e a realização. Eles sempre estão fazendo coisas para se afirmar e desenvolver seu poder e suas habilidades. O conceito de si mesmo é definido pela sua habilidade em alcançar resultados. Eles experimentam satisfação, principalmente através do sucesso e da realização. Eles estão mais interessados em “objetos” e “coisas” do que em pessoas e sentimentos. Enquanto as mulheres fantasiam sobre romance, homens fantasiam sobre carros possantes, computadores mais rápidos, invenções, engenhocas e tecnologia nova. Os homens estão preocupados com as “coisas” que possam ajudá-los a expressar ‘ seu poder através da criação de resultados e do alcance de metas. Atingir metas é muito importante para o homem, porque é uma forma de provar a sua competência e assim se sentir bem consigo mesmo. Para ele se sentir bem em relação a si mesmo tem que atingir essas metas por si só. Ninguém pode atingi-las para ele. Para os homens, autonomia é o símbolo de eficiência, poder e competência. Entender essas características dos homens pode ajudar as mulheres a entender por que os homens resistem tanto ao serem corrigidos ou que lhes digam o que fazer. Oferecer a um homem um conselho não solicitado é presumir que ele não saiba o que fazer ou que ele não possa fazê-lo por si mesmo. I lomens são muito sensíveis a isso, porque a questão da competência é muito importante para eles. Os homens são mais lógicos. Eles resolvem o problema do estresse se calando.

Mulheres: Elas valorizam o amor, a comunicação, a beleza e os relacionamentos. Elas passam muito tempo amparando, ajudando e acalentando umas às outras. Seu senso de si mesmas é definido pelos seus sentimentos e pela qualidade dos seus relacionamentos. Elas experimentam satisfação em compartilhar e se relacionar. Mais do que construir estradas e edifícios altos, as mulheres estão mais preocupadas com a vida em conjunto, com a harmonia, com a comunidade e com a cooperação amorosa. Os relacionamentos são mais importantes do que o trabalho e a tecnologia. A comunicação é imprescindível. Dividir seus sentimentos pessoais é muito mais importante do que atingir metas e sucesso. Conversar e se relacionar umas com as outras é fonte de imensa satisfação. Em vez de serem orientadas para metas, as mulheres são orientadas para relacionamentos; elas estão mais preocupadas com a expressão da sua bondade, do seu amor e da sua atenção. As mulheres são emotivas e intuitivas. Elas resolvem o problema do estresse falando.

Quando houver compreensão das diferenças e respeito mútuo, os dois vão acabar investindo no sucesso do casamento.

3.Pensei que seriam só flores e alegrias… (Marido/ Esposa).

Um problema chamado “falsas expectativas conjugais”.

“Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo” (Jo. 16:33).

Uma jovem esposa me disse: Sempre sonhei com um casamento com base nas seguintes expectativas: “nunca serei agredida verbalmente, jamais dormiremos em cama separada, vamos deitar e acordar como “anjos”, feitos um para o outro. Vou ser surpreendida com uma atitude de profundo amor em todas as datas importantes. Vou esperá-lo todos os dias bem arrumada e preparar sempre o que ele gosta de comer. Nossos finais de semana serão planejados e não conheceremos o que é rotina em nossa vida a dois. Casei-me, e logo nos primeiros seis meses, estava decepcionada, porque o meu sonho parecia ter se transformado em um pesadelo”.

Não existe casamento sem “papel higiênico OU “SEM FEIJÃO COM ARROZ”. O casamento é uma experiência de vida, onde há uma alternância entre momentos de alegria e de tristeza, entre a estação do frio e a do calor, de prazer e de dor. A Bíblia nunca omitiu esta realidade. Ao contrário, veja o que diz este texto de Eclesiastes: “Duas pessoas juntas podem lucrar muito mais do que uma sozinha, porque o seu trabalho vai render mais. Se uma delas cair, a outra a ajuda a levantar-se; mas o homem sozinho, quando cai está em má situação. E quando a noite está fria, duas pessoas usando o mesmo cobertor esquentam uma a outra. Mas, uma pessoa sozinha como vai se esquentar? Uma pessoa sozinha corre o risco de ser atacada, mas duas pessoas juntas podem se defender melhor. E se forem três, melhor ainda; o cordão de três fios não arrebenta facilmente”. Ec. 4.9-12.

Quando Jesus usou a figura da construção da casa sobre areia ou rocha, serviu para ensinar uma grande verdade sobre casamento e família. A estação da chuva e do vento, vem sobre todas as casas, independentemente de quem quer que seja. O segredo do sucesso está na escolha da “base” sobre a qual você ergue sua casa, sua vida conjugal. Não existe casamento perfeito, existe casamento feliz. Quando a construção é feita com base nos princípios da Palavra do Senhor, as tempestades podem até vir, mas a casa não cai. Casamento é uma experiência de vida, onde os dois assumem o compromisso de crescerem juntos, principalmente na estação das grandes chuvas.

compartilhe esta mensagem:

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Pinterest
Print
Email
CURSOS EAD
Faça um curso Ead 
Gratuito
com certificação

Cursos a distância gratuitos

Cursos Ead parceria 
Setebras

Curso Ead: Introdução ao Marketing digital

Curso Ead gratuito parceria com o Setebras.

Curso Ead: Introdução ao Marketing digital

Mais informações aqui

Curso Ead: Gestão de Projetos

Curso Ead gratuito parceria com o Setebras.

Curso Ead: Gestão de Projetos

Mais informações aqui

Curso Ead: Inovação e Criatividade

Curso Ead gratuito parceria com o Setebras.

Curso Ead: Inovação e criatividade

Mais informações aqui
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
POSTAGENS ANTERIORES

Faça um curso teológico Gratuito

QUER FAZER UM CURSO DE TEOLOGIA GRATUITAMENTE?

Faça um curso de teologia com acesso gratuito a todo o conteúdo em nosso ambiente de educação a distância. 

 

CLIQUE AQUI PARA MAIS INFORMAÇÕES


 

Veja também o nosso vídeo divulgativo:

Assine este site.

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 7.180 outros assinantes