Estudo do culto de doutrina da Igreja Betel Geisel. Tema: A doutrina da trindade.

Estudo ministrado pelo Pr Josias Moura no culto de doutrina da quinta Feira.

A doutrina da Trindade é uma das mais importantes da fé cristã. Estudar os ensinos da Bíblia sobre a Trindade nos traz grande luz sobre a questão que é o centro de tudo o que procuramos em Deus: o que Deus é em si mesmo?

Aqui aprenderemos que em si mesmo, em seu verdadeiro ser, Deus existe nas pessoas do Pai, do Filho e do Espírito Santo, sendo, no entanto, um só Deus.

1)    Explicação do conceito de trindade

Podemos definir a doutrina da Trindade da seguinte maneira: Deus existe eternamente como três pessoas, Pai, Filho e Espírito Santo; cada pessoa é plenamente Deus e há um só Deus.

Entre as religiões do mundo, a fé cristã é sem igual ao alegar que Deus é um, mas que ao mesmo tempo, há três pessoas que são Deus.

A palavra Trindade significa"triunidade"ou a idéia de"três-em-unidade". Ela é usada para sintetizar o ensino da Escritura de que Deus é três pessoas, porém um só Deus.

2)    Vejamos os textos do Antigo Testamento usados para a sustentar a trindade

Por exemplo, segundo Gênesis 1.26, Deus disse: "Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança". O que o verbo no plural ("façamos") e o pronome no plural ("nossa") significam?

Uma sugestão de alguns estudiosos é que Deus estaria falando a anjos. Mas os anjos não participaram da criação do homem, nem foi o homem criado à imagem e semelhança dos anjos, de forma que essa idéia também não convence. A melhor explanação, e a única sustentada quase unanimemente pelos pais da igreja e cristãos mais antigos, é a de que já no primeiro capítulo de Gênesis existe a indicação da pluralidade de pessoas no próprio Deus.

O mesmo pode ser dito de Gênesis 3.22:  "Agora o homem se tornou como um de nós, conhecendo o bem e o mal".  Gênesis 11.7: "Venham, desçamos e confundamos a língua que falam". E Isaías 6.8: "A quem enviarei? E quem há de ir por nos?".  Observemos a combinação de singular e plural na mesma frase no último texto, o que mostra que Deus é único, porém existe como três pessoas distintas.

De modo semelhante, em Salmos 110.1, Davi diz: "O Senhor disse ao meu Senhor: ‘Senta-te à minha direita até que eu faça dos teus inimigos um estrado para os teus pés"’. Jesus entende corretamente que Davi está se referindo a duas pessoas separadas chamando-as "Senhor" (Mt 22.41-46), mas quem é o "Senhor" de Davi se não o próprio Deus? E quem poderia dizer a Deus: "Senta-te à minha direita", senão alguém que é o próprio Deus?

Este versículo pode ser dito desta forma: "Deus Pai disse a Deus Filho: Assenta-te à minha direita". Parece claro que Davi estava consciente da pluralidade de pessoas em Deus.

3)    No Novo Testamento temos vários textos:

Quando Jesus foi batizado, “… o céu se abriu, e ele viu o Espírito de Deus descendo como pomba e pousando sobre ele. Então uma voz dos céus disse: Este é o meu Filho amado, em quem me agrado”. (Mt 3.16,17).

Ao mesmo tempo vemos os três membros da Trindade executando três atividades distintas. Deus Pai fala do céu; Deus Filho é batizado, e então ouve que o Pai fala do céu; e Deus Espírito Santo desce do céu para pousar sobre Jesus e capacitá-lo para o ministério.

4)    O fato de que Deus é três pessoas significa que o Pai não é o Filho; eles são pessoas distintas. Significa também que o Pai não é o Espírito Santo, e que eles são pessoas distintas. Significa que o Filho não é o Espírito Santo.

Essas distinções pessoais são vistas em várias passagens citadas na seção anterior assim como em muitas passagens adicionais do NT.

João 1.1,2 nos diz por exemplo: "No princípio era o verbo, o verbo estava com Deus e o verbo era Deus”. Jesus estava com Deus no princípio". O fato de que a "Palavra" (que fica claro ser Cristo nos v 9-18) está "com" Deus mostra a distinção de Deus Pai.

A tradução "e o verbo era Deus" tem sido questionada pelas testemunhas de Jeová, que traduzem a expressão por "e o verbo era [um] deus", sugerindo que Jesus era simplesmente um ser celestial, mas não plenamente divino.  Eles dizem, portanto, que theos deveria ser traduzido por "um deus". Contudo, sua interpretação não tem o apoio de nenhum especialista na tradução das línguas originais da Bíblia.

No final de seu ministério terreno, Jesus diz aos discípulos que eles devem ir e fazer "discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo" (Mt. 28:19).

Semelhantemente, o versículo final de 2 Coríntios é trinitário em sua forma de expressão: "A graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos vocês" (2Co 13.14).

As três pessoas da Trindade são mencionadas juntas na frase de abertura de IPedro: "escolhidos de acordo com o pré-conhecimento de Deus Pai, pela obra santificadora do Espírito, para a obediência a Jesus Cristo e a aspersão do seu sangue" (IPe 1.2).

E em Judas 20,21, lemos: "Edifiquem-se, porém, amados, na santíssima fé que vocês têm, orando no Espírito Santo. Mantenham-se no amor de Deus, enquanto esperam que a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo os leve para a vida eterna".

E ainda 1 João 5:7 nos revela:  Pois há três que dão testemunho no céu: o Pai, a Palavra e o Espírito Santo; e estes três são um.

5)    Os testemunhas de Jeová tem dito que o Espírito Santo é um força Ativa.

Isso está errado. Ele é uma pessoa distinta do Pai e do Filho. Muitas atividades pessoais são atribuídas ao Espírito Santo, como ensinar (Jo 14.26), dar testemunho (Jo 15.26; Rm 8.16), interceder ou orar a favor de outros (Rm 8.26,27), sondar as profundezas de Deus (ICo 2.10), conhecer os pensamentos de Deus (I Co 2.11), desejar distribuir certos dons para alguns e outros dons para outros (ICo 12.11), proibir ou não permitir certas atividades (At 16.6,7), falar (At 8.29; 13.2; e muitas ocorrências no at e nt), avaliar e aprovar o curso sábio de uma ação (At 15.28), e se
r entristecido pelo pecado na vida dos cristãos (Ef 4.30).

Em Atos 5.3,4. Ananias e Safira retiveram uma parte do produto da venda de sua propriedade, fingindo que o colocavam inteiramente aos pés dos apóstolos. Neste texto, observamos que mentir ao Espírito Santo (v. 3) é equiparado a mentir a Deus (v. 4).

6)    A Escritura é muitíssimo clara na idéia de que há um Deus, e um somente.

As três diferentes pessoas da Trindade são um não somente em propósito e em concordância sobre o que pensam, mas são um em essência, possuindo a mesma natureza essencial. Em outras palavras. Deus é somente um ser. Não há três deuses. Há somente um Deus a quem devemos adorar que se manifesta em três pessoas distintas.

Uma das passagens mais familiares do AT é Deuteronômio 6.4,5: "Ouça, ó Israel: O Senhor, o nosso Deus, é o único Senhor. Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todas as suas forças".

Na próxima semana continuaremos estudando outros temas concernentes a doutrina de Deus. Não falte.

Pr Josias Moura de Menezes

compartilhe esta mensagem:

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Pinterest
Print
Email
CURSOS EAD
Faça um curso Ead 
Gratuito
com certificação

Cursos a distância gratuitos

Cursos Ead parceria 
Setebras

Curso Ead: Introdução ao Marketing digital

Curso Ead gratuito parceria com o Setebras.

Curso Ead: Introdução ao Marketing digital

Mais informações aqui

Curso Ead: Gestão de Projetos

Curso Ead gratuito parceria com o Setebras.

Curso Ead: Gestão de Projetos

Mais informações aqui

Curso Ead: Inovação e Criatividade

Curso Ead gratuito parceria com o Setebras.

Curso Ead: Inovação e criatividade

Mais informações aqui
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
POSTAGENS ANTERIORES

Faça um curso teológico Gratuito

QUER FAZER UM CURSO DE TEOLOGIA GRATUITAMENTE?

Faça um curso de teologia com acesso gratuito a todo o conteúdo em nosso ambiente de educação a distância. 

 

CLIQUE AQUI PARA MAIS INFORMAÇÕES


 

Veja também o nosso vídeo divulgativo:

Assine este site.

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 7.182 outros assinantes