SERMÃO PARA CERIMÔNIA DE CASAMENTO: O casamento no Senhor. Pregado pelo Pr Josias Moura na Igreja Betel

Gênesis 2:23: “E disse o homem: Esta, afinal, é osso dos meus ossos e carne da minha carne; chamar-se-á varoa, porquanto do varão foi tomada.

1.   Introdução

Em primeira Coríntios 7:39, o apostolo Paulo usa a  expressão “casar-se no Senhor. De fato, o casamento só persevera e vale a pena se for no Senhor. Um cristão que não se casa no Senhor está correndo sérios riscos.

Não pense que comparecer a um templo evangélico e ter um pastor celebrando uma cerimônia perfaz um casamento no Senhor! Absolutamente, não.  Pois vivemos em tempos, em  que famílias experimentam a dolorosa experiência do divórcio, ou vivem em crises por falta da presença de Deus.

O único e mais eficiente meio para uma família vencer suas crises e angústias é manter-se fiel a Deus, deixando que ele Seja Senhor Absoluto das circunstâncias.

2.   Há duas condições que possibilitam afirmar que um casamento foi constituído no Senhor:

2.1    Quando os cônjuges têm os corações inclinados a obedecer a Deus.

Divórcio, infelizmente, é algo cada vez mais comum na sociedade. Não faltam opiniões para explicar este fato.

Mas o que Jesus Cristo ensinou sobre a causa principal do divórcio? Basta lermos Mateus 19:8: “Moisés, por causa da dureza dos vossos corações vos permitiu repudiar vossas mulheres…”. Observe: a falta de corações inclinados a obedecer a Deus resulta na falência dos relacionamentos conjugais!

Corações fechados para Deus impossibilitam Jesus de atuar no lar. O texto de Apocalipse 3:20 revela o apelo do Senhor em prol de que os crentes o recebam no íntimo de suas vidas.

Quando Deus está presente e atuando na vida de uma família cada pessoa está preocupada em executar seu papel de acordo com os princípios estabelecidos pelo Criador.

A obediência a Deus e a Sua Palavra é a chave do sucesso na vida familiar.

2.2    Quando os cônjuges fazem do casamento uma oportunidade de servir melhor

Um casamento cristão significa a união de forças, de zelo, de cuidados em prol de uma vida cristã mais refinada.

O texto de Eclesiastes 4:9 e 10 bem retrata os efeitos de um casamento ideal para um servo de Deus: “Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho. Porque se um cair, o outro levanta o seu companheiro: mas ai do que estiver só; pois, caindo, não haverá outro que o levante.

Num casamento no Senhor há cuidado espiritual mútuo, edificação, ministração, e o resultado é indubitável.”

3.   E finalmente, quero falar acerca da existência de alguns componentes importantes para que um casamento venha a durar:

3.1    RESPEITO MÚTUO

Só há um principio de respeito na vida familiar quando, ambos cônjuges aceitam-se como são, entendendo que são diferentes, e essas diferenças precisam ser respeitadas.

Ilustração infantil. Conta-se que vários bichos decidiram fundar uma  escola. Para isso reuniram-se e começaram a escolher  as disciplinas.  O Pássaro insistiu para que houvesse aulas de vôo. O  Esquilo achou que a subida perpendicular em árvores era fundamental. E o Coelho queria de qualquer jeito que a corrida fosse incluída. E assim foi feito, incluíram tudo, mas… cometeram  um grande erro. Insistiram para que todos os bichos praticassem  todos os cursos oferecidos.  O Coelho foi magnífico na corrida, ninguém corria  como ele. Mas queriam ensiná-lo a voar. Colocaram-no numa árvore e disseram: “Voa,Coelho”. Ele saltou lá  de cima e “pluft”… coitadinho! Quebrou as pernas. O  Coelho não aprendeu a voar e acabou sem poder correr  também. O Pássaro voava como nenhum outro, mas o obrigaram a cavar buracos como uma topeira. Quebrou o bico e as  asas, e depois não conseguia voar tão bem, e nem mais  cavar buracos.

MORAL. Todos nós somos diferentes uns dos outros e cada um tem uma ou mais qualidades próprias. Não podemos exigir ou forçar para que as outras pessoas sejam parecidas conosco ou tenham nossas qualidades. Se assim agirmos, acabaremos fazendo com que elas sofram, e no final, elas poderão não ser o que queríamos que fossem e ainda pior, elas poderão não mais fazer o que faziam bem feito. SAIBA RESPEITAR AS DIFERENÇAS É AMAR AS PESSOAS COMO ELAS SÃO!

É bom lembrar o que ensina Efésios 5:33: “Portanto, cada um de vocês também ame a sua esposa como a si mesmo, e a esposa trate o marido com todo respeito.”

3.2    COMPROMISSO GENUÍNO

Implica em uma compreensão de que um vive para o outro. Isto implica em um amor sacrificial.

Jesus fala sobre este compromisso em Mateus 19:5: “Por esta razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e os dois se tornarão uma só carne”.

Ser “uma só carne” não significa abdicar da personalidade ou dos direitos pessoais, mas implica em haverá entre os dois um sentimento de cumplicidade, de consentimento mútuo, concordância e parceria.

Assim, o casamento é uma realização para os dois.

3.3    BOA COMUNICACAO

Para se comunicar é necessário ter um entendimento emocional, mental e físico das diferenças entre um homem e uma mulher. As mulheres, por exemplo, costumam se comunicar com mais riqueza de detalhes, os homens são mais objetivos. As mulheres são mais emocionais, os homens mais racionais.

Problemas e diferenças na convivência e comunicação são resolvidos através do perdão. Efésios 4:32: “Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus os perdoou em Cristo.”

4.   Conclusão

Cliff Barrows ensina que existem algumas palavras que salvam um relacionamento: “Eu estava errado” – Isto se trata do perdão. “Desculpe – eu amo você” – Isto se refere a uma reafirmação do compromisso de amar.

O famoso pregador Billy Graham costumava dizer: “O perfeito casamento é a união de 3 pessoas – um homem, uma mulher e Deus. Isto é o que torna o casamento santo. Fé em Cristo é o mais importante de todos os princípios na construção de um lar feliz”.


Pr Josias Moura de Menezes, Igreja Betel Geisel.

compartilhe esta mensagem:

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Pinterest
Print
Email
CURSOS EAD
Faça um curso Ead 
Gratuito
com certificação

Cursos a distância gratuitos

Cursos Ead parceria 
Setebras

Curso Ead: Introdução ao Marketing digital

Curso Ead gratuito parceria com o Setebras.

Curso Ead: Introdução ao Marketing digital

Mais informações aqui

Curso Ead: Gestão de Projetos

Curso Ead gratuito parceria com o Setebras.

Curso Ead: Gestão de Projetos

Mais informações aqui

Curso Ead: Inovação e Criatividade

Curso Ead gratuito parceria com o Setebras.

Curso Ead: Inovação e criatividade

Mais informações aqui
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
POSTAGENS ANTERIORES

Faça um curso teológico Gratuito

QUER FAZER UM CURSO DE TEOLOGIA GRATUITAMENTE?

Faça um curso de teologia com acesso gratuito a todo o conteúdo em nosso ambiente de educação a distância. 

 

CLIQUE AQUI PARA MAIS INFORMAÇÕES


 

Veja também o nosso vídeo divulgativo:

Assine este site.

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 7.183 outros assinantes