LIÇÃO 10 EBD GEISEL

Uma Herança Conquistada pela Fé

Verdade prática: Deus sempre recompensa a fidelidade de seus servos
Texto: Josué 14:6-10

1.  INTRODUÇÃO

Josué foi o principal responsável pela partilha das terras que os filhos de Israel receberam como herança Os 14.1-5). Deus havia determinado que as terras fossem distribuídas por sorte (Nm 26.55; 33.54; 34.1 3). Calebe, entretanto, antecipou-se e, antes que fosse feita a divisão, colocou-se diante de Josué com ousadia, a fim de pleitear um direito que jamais lhe poderia ser negado.

2.  A FIDELIDADE DE CALEBE

2.1   Calebe, um homem leal.

Calebe era filho de Jefoné, o quenezeu Os 14.16). Isso o identifica como pertencente a uma família edomita de destaque. De acordo com o Comentário Bíblico Beacon, os edomitas eram descendentes de Elifaz, o primeiro filho de Esaú (Gn 36.1 1, 1 5,42).
Calebe sempre foi fiel aos seus líderes: Moisés e Josué. Durante o seu ministério, exerceu várias funções, sendo espia, soldado e pastor.
Podemos extrair lições preciosas da vida de Calebe. Foi um homem que sempre soube o momento certo de falar e calar-se. Quando teve a oportunidade de se pronunciar diante de seu povo e de seus líderes, ele o fez de modo a agradar a Deus e não a maioria (Nm 13.30;14.6-9). Calebe não estava preocupado com a popularidade, mas agia como Deus ordenava. Caminhava por fé e não por vista.

2.2   A fé de dois espias.

Dez, dos doze espias, enviados para observarem a Terra Prometida, apresentaram ao povo um relatório negativo, causando uma grande rebelião entre os israelitas. Eles ficaram amedrontados com o tamanho e a força dos moradores daquela terra. Esqueceram-se do quanto Deus é poderoso e de como poderia facilmente derrotar os cananeus, não importando a estatura deles. Caso você se sinta assustado com alguma situação adversa, lembre-se que o Senhor é o Todo-Poderoso.
Josué e Calebe, porém, não concordaram com o restante dos espias e encorajaram Israel a crer na promessa de Deus e a entrar na terra de Canaã. O relatório apresentado por eles foi um relatório de fé. Não ficaram assustados com os moradores do lugar, mas observaram o melhor da terra: “A terra pelo meio da qual passamos a espiar é terra muito boa” (Nm I 14.7).

2.3   Aguardando a promessa.

Já havia se passado 45 anos desde que Josué e Calebe, juntamente com mais dez espias, foram enviados à Terra Prometida (Nm 1 3.30-33). Toda aquela geração havia morrido no deserto, somente Josué e Calebe permaneceram fiéis ao Senhor e, por isso, foram agraciados por Deus com a promessa de que entrariam e possuiriam uma terra que manava leite e mel.
SINOPSE DO TÓPICO
Calebe era edomita, filho de Jefoné, o quenezeu. Ele era um homem leal, de fé, de conquista; obediente e que agradava a  Deus.

3.  UM PEDIDO OUSADO

3.1   É chegada a promessa.

Deus mostrou a Moisés os limites da Terra Prometida (Nm 34.2-1 2), ordenando que a distribuição da terra fosse feita por sortes. O resultado não seria questionado pelo povo, pois todos sabiam que era a expressa e soberana vontade de Deus: “A sorte se lança no regaço, mas do SENHOR procede toda a sua disposição” (Pv 1 6.33). Esse método inibia os mais ambiciosos.
Josué foi fiel à ordem do Senhor. Obediente, seguiu todas as instruções divinas. Você está disposto a fazer o que Deus determinou para sua vida? Para Calebe não haveria sortes, pois havia uma promessa a seu respeito. Era chegado o tempo de a promessa se cumprir. Josué logo daria início a divisão da terra.
Calebe, com fé e disposição, foi a Josué e pediu-lhe a sua parte, independente do que coubesse à sua tribo. O tempo passou, mas Calebe não se esqueceu das promessas que lhe foram feitas. Não se esqueça das promessas de Deus para sua vida: “E esta é a promessa que ele nos fez: a vida eterna” (1 Jo 2.25; 2 Co 1.20). Não deixe o tempo e as dificuldades apagá-la. Fiel e pacientemente, deve o servo do Senhor permanecer no aguardo da promessa (Hc 2.3,4).

3.2   Sem medo de gigante.

Calebe pediu a cidade de Hebrom, lugar dos anaquins, uma raça de gigantes (Js 14.1 3-1 5). Ele sabia que, ali, teria algumas dificuldades, mas estava disposto a enfrentá-las com fé e coragem. Vigor e força não lhe faltavam: “Qual a minha força então era, tal é agora a minha força, para a guerra, e para sair, e para entrar” Os 14.11).
A força de Calebe vinha da sua fé no Senhor (Is 40.31). Havia nele perseverança, fidelidade e ousadia. O Senhor deu a Calebe a terra. Mas o guerreiro de Deus teve de lutar para conquistá-la. Foi preciso batalhar para expulsar três líderes, filhos de Anaque (Sesai, Aimã e Talmai), da terra Os 15.14).
Em nossa caminhada rumo à Canaã celestial, também enfrentamos lutas e dificuldades, mas com destemor e confiança no Altíssimo, somos mais do que vencedores (Rm 8.37).
A fé que Calebe depositou em Deus é do tipo que remove montanhas e derruba gigantes: “… se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá – e há de passar; e nada vos será impossível” (Mt 1 7.20). Se você estiver enfrentando algum problema que pareça grande e irremovível, afaste seus olhos do problema e busque a Deus. Somente assim você poderá superar os “gigantes” que estiverem em seu caminho.
SINOPSE DO TÓPICO: Diferente das tribos de Israel, Calebe teve o direito de escolher a terra que ocuparia, pois diferente de outros espias, perseverou em seguir ao Senhor, e recebeu promessas a esse respeito.

4.  A RECOMPENSA DE CALEBE

4.1   Calebe recompensado por sua fidelidade.

Deus recompensa os fiéis da terra e aqueles que o servem com sinceridade. Calebe foi abençoado com aquilo que pediu, pois permaneceu aguardando no Senhor com fé e esperança. Ele o seguiu de todo o coração, confiou em suas promessas e, por isso, foi recompensado. Você tem sido fiel ao Senhor? Deus sempre tem uma recompensa para aqueles que permanecem fiéis até o fim (Ap 2.10;Tg 1.12).

4.2   Calebe prossegue conquistando novas terras.

Calebe era um homem de conquistas. Com a força que lhe dera o Senhor, derrotou poderosos inimigos e venceu grandes batalhas. E as bênçãos espirituais e materiais que precisamos obter?
Calebe, seguindo um costume daquele tempo (1 Sm 1.11), .proclamou: “Quem ferir a Quiriate-Sefer e a tomar, lhe darei a I minha filha Acsa por mulher” (Jz 1.12). Otniel, sobrinho de Calebe, foi o guerreiro que aceitou e venceu o desafio. Isso mostra que Calebe não era um crente acomodado.
Siga avante. Deus tem grandes conquistas para realizar em seu ministério, em sua vida profissional e familiar.

4.3   Vencendo os inimigos.

O povo de Israel enfrentou muitas batalhas até que, finalmente, tomou o controle da Terra Prometida (Cn 12.7; Êx 3.16,1 7). Muitos inimigos foram derrotados em Canaã; cada reino foi vencido individualmente. Deus estava usando Josué para trazer um severo julgamento às nações cananéias. Se estas conti¬nuassem na terra, induziriam os israelitas a cometerem toda a sorte de pecados. O plano do Senhor consistia em remover da terra a má influência daquela gente. Isto nos mostra que o Senhor trata o pecado com seriedade e severidade. Portanto, se desejamos vencer, devemos extirpar completamente de nossas vidas o que pode nos fazer pecar.
SINOPSE DO TÓPICO: Calebe foi recompensado por sua fidelidade ao Senhor. Ele prosseguiu conquistando novas terras.

5.  CONCLUSÃO

Através da vida de Calebe aprendemos que Deus é fiel e re¬compensa àqueles que são fiéis. A recompensa nem sempre é imediata. É preciso esperar. Deus não se esqueceu de você; saiba que “recebereis do Senhor o galardão da herança, porque a Cristo, o Senhor, servis” (Cl 3.24).

compartilhe esta mensagem:

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Pinterest
Print
Email
POSTAGENS ANTERIORES

Faça um curso teológico Gratuito

QUER FAZER UM CURSO DE TEOLOGIA GRATUITAMENTE?

Faça um curso de teologia com acesso gratuito a todo o conteúdo em nosso ambiente de educação a distância. 

 

CLIQUE AQUI PARA MAIS INFORMAÇÕES


 

Veja também o nosso vídeo divulgativo:

Cursos a distância gratuitos

Assine este site.

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 7.168 outros assinantes